Portal do Governo Brasileiro
Período Personalizado
Selecione a partir de qual data podem aparecer as buscas
até
Selecione até qual data podem aparecer as buscas
Fonte: Portal do Governo do Estado do Rio de Janeiro

CMJ oferece oficinas culturais para jovens
Terça-feira, 20 de Setembro de 2016

O programa Caminho Melhor Jovem (CMJ) oferece diversas oficinas culturais. Desde agosto, os jovens têm aprendido um pouco mais sobre dança, circo, teatro, grafite e percussão. As oficinas acontecem no período de dois meses e meio, com carga horária de 30 horas, divididas em duas aulas por semana, com 1h30 de duração. O projeto é oferecido de acordo com as demandas de cada território.



Em uma cidade como o Rio, não faltam inspirações para os grafiteiros. No CMJ São João, quem comanda a oficina de grafite é o instrutor Chico Silva, que já morou no território, é referência para a juventude local, e tem a cultura hip-hop como inspiração para seus desenhos.



? O projeto está muito legal e eu fiz questão de ser o instrutor daqui. Tento passar as noções básicas para eles, começando por letras e objetos geométricos, dando volume aos desenhos, para depois evoluirmos para personagens e perspectivas. Mas é importante que eles tenham conhecimento sobre a história do grafite ? afirmou Chico.



O articulador Maurício Pereira está participando da oficina e afirmou ter descoberto um talento que não conhecia.



? Comecei achando que não fosse conseguir fazer alguns desenhos, mas com a oficina vi que não é tão difícil. Pesquisei mais sobre formas e estilos e estou animado ? contou Maurício.



Na unidade do Borel e Formiga, a percussão é o que está encantando os jovens. As aulas, comandadas pelo Eduardo Junior, o Juninho, trabalham a musicalidade e as heranças rítmicas afro-brasileiras, contribuindo para o desenvolvimento musical e de coordenação motora dos participantes, com instrumentos como surdo, repique e caixa.



? Nas primeiras aulas, converso, conto a minha história e mostro que eles também podem mudar suas realidades com arte e cultura. Não é todo mundo que vai ser artista ou músico profissional, mas estamos mostrando para eles que existem possibilidades ? afirmou Juninho.



A primeira rodada das oficinas culturais do CMJ estão acontecendo na Mangueirinha; Maré; Manguinhos; São João; Chatuba; São Carlos; Borel e Formiga; Cidade de Deus; Cantagalo; e Rocinha. Para se inscrever, o aluno deve ser participante do programa Caminho Melhor Jovem, ter entre 15 e 29 anos e apresentar algum documento de identificação.


Link: http://www.rj.gov.br/web/imprensa/exibeconteudo?article-id=2951640